fbpx

Informações sobre o poema

Raul recita “Pilares” de Miro Saldanha

“Senhor dos céus e da terra, fonte do afeto mais puro
Perdão, se só te procuro quando me encontro em desgraça
Mas, reconduz nossa raça aos padrões do inicio
Para que o teu sacrifício não tenha sido de graça…”

Compartilhe agora na sua rede social

Veja outros quadros do pampa e cerrado

Receitas

Poemas

ver Todos os quadros

Entrevistas

Atrações

Veja outros quadros do pampa e cerrado

Receitas

Poemas

Entrevistas

Todos os quadros

Siga o pampa nas redes sociais