Clipe Inicial: Universo Campeiro – Adair de Freitas

Hermes Prada
“Hermes Prada começou a cantar ainda criança aos 12 anos começou a cantar com um primo formando a dupla “Hermes e Wender” juntos, cantaram em pecuárias, festas, clubes e até em programas de televisão como o “Brasil caipira” do apresentador Luiz Rocha. Suas músicas tocaram em rádios de algumas cidades como Formosa-GO e Unaí-MG. Quando a dupla se separou HERMES PRADA se firmou como compositor tendo suas músicas gravadas por duplas de Brasília e até de São Paulo. Agora o cantor e compositor HERMES PRADA coloca todo o talento e emoção em canções inéditas, fazendo um sertanejo com bastante influência country.”
Músicas:
1 – Vinte e poucos anos
2 – Chão vermelho
3 – Bagunçar Lençol

Diego Borges
Nascido em Ceilândia, no Distrito Federal, Diego Borges já demonstrava interesse pela música desde os nove anos de idade, quando entrou para o coral infantil da Paróquia Jesus de Nazaré, localizada na cidade satélite de Samambaia. Ainda na adolescência, fez parte de vários Ministérios musicais da igreja, até que surgiu o convite para formar uma dupla sertaneja. Juntamente com os primeiros passos de sua carreira musical, Diego ingressou na vida acadêmica e se formou em educação física. Participava ativamente de todos os eventos musicais e culturais do seu centro acadêmico, inclusive em barzinhos universitários localizados próximos à faculdade. A dupla chegou ao fim, mas o sonho de criança ainda persistia, e depois de algum tempo, Diego optou por lançar sua carreira solo. Cantando em casamentos, aniversários e eventos em geral, foi conquistando admiradores do seu trabalho. Chegando a participar de um Festival de Talentos da Universidade Católica de Brasília – UCB, ficando entre os dez melhores da competição. Participou também de um Festival de Música no aniversário do município de Urucuia – MG, alcançando o 1º lugar na categoria sertaneja. A partir daí, iniciou-se o reconhecimento público, conquistando o apoio de jovens universitários, amigos e parentes, alavancando a criação de sua banda sertaneja. Hoje o repertório do seu trabalho engloba desde a música raiz sertaneja até o atual sertanejo universitário, incluindo composições próprias. É um show que agrada a todas as idades e que proporciona boas emoções aos amantes da música sertaneja.
Diego Borges é atração em barzinhos, festas e eventos, já tendo cantado e feito participações em diversas casas de shows em Brasília, como Roda do Chopp, Planeta Country, Vila Boemia (Atual Santa Fé), Barril 66, Mercado Sertanejo, Mistura Fina, Rota 153, Cadê Tereza, dentre outras. O projeto do seu primeiro CD já está em desenvolvimento.

Músicas:
1 – Birra – (Diego Borges)
2 – Vidinha de Balada – (Henrique e Juliano)
3 – Decida – (Milionário e José Rico)

Culinária – Tia Léo: Picanha na Panela de Pressão

Entrevistado: Fábio Medina Osório
Fábio Medina Osório, ex-ministro-chefe da Advocacia Geral da União do governo Temer, é presidente do Instituto Internacional de Estudos de Direito do Estado, considerado um dos maiores especialistas em leis anticorrupção, com mestrado em direito público na faculdade de direito da universidade federal do rio grande do Sul e doutorado em direito administrativo na universidade complutense de Madri. Foi professor de direito penal na escola da magistratura do Rio Grande do Sul e atualmente leciona nas escolas da magistratura do TRF4 e TRF2.
Além disso, Medina Osório tem importantes obras publicadas, como direito administrativo sancionador e teoria da improbidade administrativa, duas obras clássicas no direito brasileiro, que muitos influenciaram e ainda influenciam a jurisprudência dos tribunais superiores do nosso país.
Nosso entrevistado tem a marca de Ex-promotor de justiça no Rio Grande do Sul (primeiro lugar no concurso de 1991), pois pediu exoneração do Ministério Público, após 14 anos na carreira, para exercer a advocacia privada. Participou da Comissão Especial de Impeachment na acusação contra Dilma Rousseff no Senado Federal.
Foi entrevistado nas páginas amarelas na Revista Veja em 2014 para tratar da nova Lei Anticorrupção. Depois, foi capa da revista ao sair do governo, pelo apoio que manifestava à Lava Jato.
Acaba de terminar sua quarentena de Ministro e está retomando suas atividades de advogado privado, abrindo nova unidade do escritório em Brasília, no olho do furacão, em meio às delações premiadas e inúmeros políticos envolvidos em denúncias de corrupção.

Clipe Final: O Sábio do Mate – Juliana Spanevello

 

Pampa E Cerrado 21 De Maio De 2017

Flickr Album Gallery Powered By: Weblizar